AGRUPAMENTO DE ESCOLAS HENRIQUES NOGUEIRA

Comunidade Escolar


(Em atualização)


A Escola Secundária de Henriques Nogueira apresenta cerca de 1300 alunos, 160 professores e cerca de 50 funcionários representam o pessoal não docente.

Possui um quadro docente estável: dos 161 docentes em função no ano letivo de 2011/12, 77,7% pertencem ao quadro de escola (doze destes docentes pertencem ao QZP) e 22,3% são contratados.

Quanto à antiguidade, em 2011/2012, 36,2% dos docentes tem entre 20 a 29 anos de serviço, sendo que 16,7% tem 30 ou mais anos de serviço. A faixa etária dos docentes entre os 40 e os 50 anos de idade (38,5%) é a mais significativa. A faixa etária dos 50-60 anos integra 31,6% dos docentes. 

O pessoal não docente é, presentemente, constituído por 50 trabalhadores, praticamente todos a exercer funções públicas com contrato por tempo indeterminado: 32 destes trabalhadores exercem a função de Assistente Operacional e 13 a de Assistente Técnico. No CNO exercem funções três profissionais RVC, um Técnico de Diagnóstico e um Assistente Técnico. Existe ainda um Técnico Superior: o Psicólogo do SPO.

Vinte e quatro destes trabalhadores têm idades compreendidas entre os 50 e os 60 anos. Sete têm mais de sessenta anos. 

A escola é frequentada atualmente por 1312 alunos. Em regime diurno, têm funcionado nos últimos anos 57 turmas, 11 das quais do ensino básico, aqui incluída uma turma de Percurso Curricular Alternativo e uma turma de um Curso de Educação e Formação (Operador de Fotografia), tipo 3, nível 2.  

Existem no ensino secundário 46 turmas: 23 dos Cursos Científico-Humanísticos e 23 dos Cursos Profissionais.

Em termos globais, no ensino secundário, o número de alunos manteve-se idêntico no último triénio. O número de turmas nos Cursos Científico-Humanísticos não sofreu alterações significativas, registando-se um aumento da procura nos cursos de Artes Visuais e de Línguas e Humanidades. No que diz respeito aos Cursos Profissionais, o número de turmas existente é também revelador da mesma estabilidade.

  Acompanhando a normal evolução, e considerando a sua natural opção pela qualificação, pilar que sustenta a sua oferta formativa, a escola acolheu a Iniciativa Novas Oportunidades – eixo adultos - possuindo desde 2008 um Centro Novas Oportunidades e oferecendo os Cursos EFA na sua vertente Escolar (básico e secundário) e de Dupla Certificação nas áreas da Contabilidade e da Ação Educativa. 

Os auxílios económicos prestados continuam a ter expressão, verificando-se atualmente um aumento significativo dos alunos apoiados pela ASE – passou de 78, no escalão A e 18 no escalão B, em 2007/2008, para 197, no escalão A e 248 no escalão B, em 2011/2012.

 A escola prosseguiu a política de atribuição de Bolsas de Mérito (50, em 2011/2012) que distinguem os melhores desempenhos escolares dos alunos subsidiados, assinalando-se com agrado a presença de alunos estrangeiros entre os contemplados. 

No que diz respeito ao ingresso no ensino superior, verifica-se que, no ano letivo de 2010/2011, a percentagem de alunos colocados na primeira fase subiu significativamente relativamente ao ano anterior, ultrapassando também o resultado alcançado em 2008/2009. 

De realçar é também a taxa de prosseguimento de estudos por parte dos alunos que frequentaram o Ensino Profissional.